Samambaia: ela voltou para ficar

A planta tem um forte apelo emocional; saiba como cuidar

Nos anos 80, toda casa tinha uma samambaia. A espécie foi deixada de lado por um tempo, mas, de uns anos para cá, voltou a aparecer em ambientes internos e até em jardins projetados por paisagistas famosos. Se voltar a ter plantas em casa, de modo geral, é uma tendência, a samambaia tem um componente a mais: ela nos faz lembrar nossos avós.

“O ritmo de vida acelerado fez com que perdêssemos o contato com as plantas e com ele o conhecimento empírico que os nossos avós tinham”, opinam as arquitetas Denise Yui e Julia Rettmann, da Selvvva, de São Paulo. “Cada vez mais estamos tomando consciência da boa influência das plantas nos ambientes. Qualquer lugar fica mais aconchegante com plantas.”

Em fotos de decoração, esse bem-estar fica evidente. “Quando vemos uma imagem de um ambiente cheio de verde, mais do que ‘que bonito’, o que vem à cabeça é: ‘que gostoso!’”, dizem. Prova disso é que, além de decorar, as plantas são capazes de mudar até a energia dos ambientes, conforme apontam especialistas em fitoenergética.

Assim, ter plantas em casa acabou virando uma tendência não só em decoração, mas um estilo de vida. “Cuidar de uma planta significa uma pausa no cotidiano agitado.”, diz Denise. “Junto com esse movimento, as samambaias voltaram com um forte apelo emocional, nos lembrando com carinho as nossas avós”, comenta a arquiteta. Antes de comprar uma samambaia, veja a seguir quais são os cuidados necessários e se esta é a planta ideal para ser cultivada na sua casa.

Como cuidar de uma samambaia

1. Elas preferem ambientes bem iluminados, mas sol direto pode queimar as folhas

2. Não gostam de vento forte, mas precisam estar em locais bem arejados

3. As regas devem ser frequentes, mantendo o substrato sempre úmido, mas não encharcado; por isso é importante um substrato com boa drenagem (fibra de coco é uma opção)

4. Adora receber água nas folhas – pulverizar água é importante, principalmente em períodos de baixa umidade do ar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *